OK Bank – Arranjo de pagamento na prática!

Fintech para cortar custos e intermediários

Fintech para cortar custos e intermediários

Tornar-se uma Fintech para cortar custos e intermediários das operações financeiras já é realidade.

Há quem pense que virar uma Fintech é apenas uma modinha, e não uma realidade do nosso mercado. Mas, muitos esquecem do principal fator comum que torna a “onda das Fintechs” tão popular: os consumidores que fomentam muitas iniciativas de inovação!

Algumas dessas iniciativas como a do Open Banking tornam possíveis que empresas de menores portes, startups, fintechs & afins, possam oferecer serviços com taxas mais justas e competitivas, principalmente em contraste com as instituições bancárias tradicionais. E, querendo ou não, a ideia da desintermediação bancária não é nenhum complô conspiratório das fintechs . Ela é uma ideia que promove a livre escolha do consumidor por um prestador de serviços com custos mais justos para o mercado.

Dessa forma, as plataformas bancárias deixam de ser apenas um lugar onde o cliente “guarda o seu dinheiro”, e passa a ser uma super hub de serviços ao consumidor.

Assim, o banco deixa de ser um lugar onde você paga uma mensalidade para o seu dinheiro ficar parado, e passa a ser uma ferramenta para você e para o seu negócio.

 

Nessa economia que ainda está aquecendo, criar uma Fintech para cortar custos e intermediários das operações financeiras se torna primordial. E, considerando que qualquer empresa ou varejo pode se tornar o seu próprio banco, cada vez mais e mais empresas já enxergam as vantagens em criar o seu próprio arranjo de pagamentos e novas formas de receitas para o seu negócio.

 

Surge assim um caso de sucesso: Veja como o OK Bank cortou custos e intermediários tornando-se uma Fintech

Página principal do OK Bank

Página principal do OK Bank

Esse é o caso do OK Superatacado que, em parceria com a LogBank, lançou o OK BANK: um banco digital para todo o seu ecossistema de clientes recorrentes, fornecedores, colaboradores, distribuidores e franqueados. E, além de banco, uma plataforma onde todos os correntistas poderão:

  • Receber e realizar TEDs;
  • Receber e emitir pagamentos;
  • Receber e antecipar as vendas feitas nas suas maquininhas de cartões;
  • Utilizar o saldo da conta digital através de cartão bandeirado MasterCard;
  • Realizar saques com custo reduzido nos caixas do OK Superatacado;
  • Realizar transações via Token;
  • Realizar transferências sem custo entre os correntistas da base;
  • Recarregar o seu celular;
  • Acessar sua conta digital via app (Android ou iOS) de onde estiver.

Depois de conhecer esse caso, vire agora você também um banco digital! Fale conosco e faça parte dessa nova realidade!

Entre em contato conosco e entenda um pouco mais sobre as possibilidades para o futuro do seu negócio. Acesse www.logbank.com

fale com a logbank
Tags: No tags

Comments are closed.